Você não se arrepia?

large
Imagem: We Heart It

“Daniel se virou para Brígida e sentou na cama, depois deitou com os pés ainda no chão. Brígida estava encostada no travesseiro, os pés pra cima da cama, Daniel virou o rosto para ela, sorriu e ela sorriu de volta. Por um tempo os dois ficaram lá, na quietude do universo, aquele silêncio bastava e não era constrangedor, até que por fim Brígida deitou ali do lado de Daniel, com as pernas flexionadas na cama, Brígida sentiu as mãos de Daniel pegando uma mexa de seu cabelo e enrolar no próprio dedo.

Ela levantou e ligou seu aparelho de som. A música baixinha tocava o cd do Coldplay lançado um verão atrás e a música “Shiver” invadia o ambiente. Brígida percebeu que os pés de Daniel começaram a bater no chão com o ritmo da música, Brígida adorava quando Daniel cantava, sua voz rouca e grossa completava o efeito mágico quando ele estava acompanhado de seu violão. Naquele momento ele começou a sussurrar a letra da música e Brígida apreciou seu amigo olhando o teto e cantando baixinho.

Deitada, Brígida encarou o rosto de Daniel virado para teto, sussurrando a letra da música, com tal emoção que Brígida estava se sentindo hipnotizada pelas palavras. E quando a música parou, ela continuou o encarando, ele continuou olhando para o teto e eles ficaram ali, como uma pintura colorida, e assim como os quadros, eles não precisavam dizer nada, Brígida fechou os olhos e apreciou o silêncio junto com seu melhor amigo, a quietude já falava por si própria.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s